Destaques

Adesão ao Pacto Global é um avanço na agenda de sustentabilidade

Adesão ao Pacto Global é um avanço na agenda de sustentabilidade

A Ibitu, importante agente para a transformação energética e para transformar o mundo para melhor, deu mais um importante passo rumo ao crescimento próspero que almeja e se tornou signatária do Pacto Global, movimento promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para incentivar e fomentar práticas empresariais sustentáveis e justas pelo mundo.

A assinatura do compromisso com os 10 Princípios do Pacto Global, voltados para os direitos humanos, trabalho, meio ambiente e práticas anticorrupção, corrobora a responsabilidade da companhia de contribuir para o alcance da agenda global de sustentabilidade da ONU. Esta é hoje a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, com cerca de 14 mil membros em 70 redes locais, que abrangem 160 países.

Lançado em 2000 pelo então secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, o Pacto Global é uma chamada para as empresas alinharem suas estratégias e operações a desenvolverem ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade. O Pacto Global não é um instrumento regulatório, um código de conduta obrigatório ou um fórum para policiar as políticas e práticas gerenciais. É uma iniciativa voluntária que fornece diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças corporativas comprometidas e inovadoras.

“Nascemos olhando para o futuro e provocando as transformações que queremos ver no mundo. Nada mais natural que traçarmos a assinatura com o Pacto Global como uma de nossas primeiras metas e temos muito orgulho de ter conquistado em tão poucos meses. Isso mostra como somos temos claras nossas ambições e somos obstinados em busca do que aspiramos para a empresa que queremos transformar em exemplo no setor”, afirma Gustavo Ribeiro, presidente da Ibitu.

Compartilhe